11 de abril de 2017

Conversas de Café

Uma senhora, que aparentava ter talvez uns 40 anos, mostrava-se exasperada e gesticulava enquanto, sentada na esplanada, discursava para o telemóvel. Quando passei, não pude deixar de ouvir a conversa: "tu, no dia em que souberes cativar uma mulher, em que aprenderes a ser um cavalheiro...!" e insistia, não fosse ele ser surdo, "siiiiiiiiiiiim...meu sacana, no dia em que souberes ser um cavalheiro. Ouviste bem?". 

Eu não quis ouvir mais a conversa, mas não consegui evitar uma gargalhada. Ca-va-lh-ei-ro. Há homens que sabem o que isso é, mas aqueles que não sabem também não acredito que venham algum dia a sabe-lo.

10 comentários :

  1. O ser cavalheiro vai da educação que teve desde criança. De ver exemplos em casa.
    Sim. Gosto de cavalheiros.

    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ok, concordo contigo, mas também penso que é algo intrínseco. Ou se nasce ou não se nasce!

      Um beijo

      Eliminar
    2. Sim. Também isso.
      Concordo. :)

      Beijo

      Eliminar
  2. Olá JLynce
    Passando por aqui para conhecer o seu blog, lugar bastante acolhedor. Ótima postagem. Abraços.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Luci. Obviamente que vou retribuir a visita!

      Abraços!

      Eliminar
  3. Jorge, faz-me imensa confusão que haja pessoas que falam muito alto ao telemóvel ou de outro modo. Por vezes até a segurança pode ser posta em causa. Claro que da privacidade, nem se fala.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim Isabel. Comungo essa tua opinião. Há pessoas que de discretas, têm muito pouco.

      Eliminar